A odontologia possui diversos caminhos a serem seguidos após a graduação. Muitas vezes não temos conhecimento sobre todas as possibilidades que estão a nossa frente e é por isso que hoje vamos mostrar um pouco de como um dentista pode auxiliar no processo de perícia criminal.​

De acordo com o artigo publicado em 2013 pela Revista da Faculdade de Odontologia de Passo Fundo – RS, pode-se entender como perícia o “conjunto de procedimentos médicos/odontológicos e técnicos que têm como finalidade o esclarecimento de um fato de interesse da justiça”. LINK

A especialidade responsável por essa formação é a Odontologia Legal, que formam profissionais odontolegistas, responsáveis pela investigação humana em casos de perícias odontológicas. Portanto, quando é difícil identificar uma vítima de crime ou precisa-se fazer comparações com marcas de mordidas encontradas em locais de crime por exemplo, esse profissional entra em cena para aplicar as técnicas e conhecimentos e possibilitar a identificação.​

Basicamente, o odontolegista pode fazer uso de toda documentação odontológica padrão das pessoas que já passaram por algum procedimento em consultório, sendo ela fichas, prontuários, radiografias e modelos de gesso, além de fotografias de sorriso se existirem, servindo como um auxiliar da justiça, esclarecendo pontos específicos relacionados à odontologia que são distantes do conhecimento jurídico do magistrado.​

A atuação de um profissional especializado em Odontologia Legal pode restringir-se à análise, perícia e avaliação de eventos relacionados a área de competência do cirurgião-dentista, mas pode estender-se a outras áreas, se as circunstâncias o exigirem. Por isso, os odontolegistas precisam estar preparados e com conhecimento completo para atuar na área de perícia criminal, com estudos um pouco mais abrangentes, como balística forense e ainda saber analisar lesões corporais decorrentes de agressões, acidente de trânsito e aquelas ainda produzidas por algum tratamento odontológico.​

Onde mais pode atuar um odontolegista?

Existem ainda outras áreas que esse mesmo odontolegista pode atuar, como cível, trabalhista e administrativa. Nesse caso, o papel desempenhado pode envolver processos éticos e ações de indenização decorrentes de possíveis erros praticados pelos cirurgiões-dentistas. A perícia odontológica pode ainda auxiliar casos que terminam nos tribunais.​

De maneira geral, segundo o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, as áreas que são de competência para atuação de um especialista em Odontologia Legal incluem: ​

· identificação humana;​

· perícia em área administrativa​

· perícia em foro civil, criminal e trabalhista;​

. perícia, avaliação e planejamento em infortunística;​

· tanatologia forense;​

· elaboração de:​

· autos, laudos e pareceres;​

· relatórios e atestados;​

· traumatologia odonto-legal;​

· balística forense;​

· perícia logística no vivo, no morto, íntegro ou em suas partes em fragmentos;​

· perícia em vestígios correlatos, inclusive de manchas ou líquidos oriundos da cavidade bucal ou nela presentes;​

· exames por imagem para fins periciais;​

· deontologia odontológica;​

· orientação odonto-legal para o exercício profissional; e,​

· exames por imagens para fins odonto-legais.​

LINK

Separamos uma videoaula mais que especial relacionado ao tema do nosso blog, apresentada pelo perito criminal Paulo Enio, que está recheada de informações interessantes para você que sonha em adentrar ao universo da Odontologia Legal.​

Acesse o link e receba esse conteúdo exclusivo no seu e-mail.

Acesso a videoaula

Além disso, o Instituto Aria oferece o curso de Especialização em Odontologia Legal, sendo o único do Distrito Federal e o mais completo do Brasil. Contamos com a presença de professores nacionais e internacionais, ministrando aulas práticas e teóricas com excelência e competência. ​

O curso tem por objetivo formar novos especialistas em Odontologia Legal, com os conhecimento necessários para a prática pericial e para o ingresso nas carreiras policiais mediante concurso público.​

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *